Postagens populares

Para todas as mães, para todos os filhos

Mãe, dá um beijo?
Mãe, dá a mão?
Eu te dou tudo. E meu coração.

Mãe, tô com sede.
Mãe, tô com fome.
Mãe, tô com medo.
Mãe, é segredo.

Mãe,
Cadê meu sapato?
Cadê minha meia?
Cadê a bolacha?
Ela sempre acha!

Mãe, tomei choque.
Mãe, me perdi.
Mãe, tô caindo...
Mãe, eu caí!
Calma, filhote,
Que eu tô aqui.

A mãe ensina
A olhar pros lados,
A olhar pra baixo,
A olhar pra cima.
“Levanta, menina!”

Mãe, o que eu faço?
Já vem a resposta
Em forma de abraço.

A mãe enquadra
Rabisco de filho,
De gente sem braço.
E diz: “Não tá lindo?
Parece Picasso!”

Mãe, olha eu!
Mãe, olha pra mim!
Você só pedindo...
E ela é só sim.

Mãe sabe o filho
De cor e salteado,
Mesmo sem nunca
Ter estudado.

Mãe é presente,
Mesmo distante.
Dentro da gente
Amor gigante.

Se ela já foi,
Se ela já vem,
Mãe é seu anjo
Pra sempre.
Amém.

Evelyn Heine

(Para minha mãe, para todas as mães, para todos os filhos. E para minhas filhas, que me ensinaram onde encontrar o Paraíso.)





5 comentários:

SOL MAIOR disse...

Lindo tributo a todas as mães! Verdadeiro e criativo! Nota DEZ! bjks,

Evelyn disse...

Muito obrigada, Sol Maior! Bj! ;)

maria tereza disse...

Lindo, lindo, lindo! Aliás como tudo que vc faz é lindo! Beijo grane e feliz dia das mães!

Evelyn disse...

Muito muito obrigada, querida Maria Tereza. Bjs!

Anônimo disse...

parabens evelyn