Postagens populares

Na arte, tudo pode

Um artista pode tudo. Pintar o céu de verde, juntar palavras em músicas, sumir com pontos e vírgulas...
Se tem um superpoder da arte, ele se chama "liberdade".
Estou dizendo isso para contar uma curiosidade sobre o "Monumento às Bandeiras" (foto mais abaixo). Naquela época, os bandeirantes não usavam cavalos. Eles desbravaram o interior com bois! Mas o escultor Victor Brecheret achou que cavalos deixariam sua obra bem mais bonita e imponente.

Mas, ao mesmo tempo, a escultura foi bem real. A "turma do empurra-empurra" está realmente indo em direção ao interior. De costas para o monumento fica o litoral.

2 comentários:

Kurioso disse...

Olá Evelyn,

É curioso que cheguei ao seu blogue através da pesquisa da palavra "pôde" ou "pode", e fui parar ao post de 4 de Fevereiro.

Gostei da explicação, resolvi procurar os posts mais recentes, e não é que o último tem pode
título?

Voltarei para ler mais.

Kurioso

Evelyn disse...

Adorei seu comentário, Kurioso.
E também achei uma coincidência nele: começa com "É curioso" e termina com "Kurioso". Reparou? A vida é mesmo cheia de coincidências. Um abraço e volte sempre.